Categoria: Línguas

TGIF – Thanks God It’s Friday!: Como aumentar seu vocabulário em inglês a partir de vídeos

Toda sexta eu vou falar sobre um assunto que eu amo: Ensinar Inglês. Hoje eu vou contar um pouquinho da minha estratégia para aprender palavras novas através de vídeos na internet.

Quando iniciei a dar aulas de inglês, eu descobri um site que é meu queridinho desde então o TED.com. Este site contém milhares de “talks” que são palestras sobre os mais variados assuntos.

O vídeo de hoje é: “Tim Urban: Inside the mind of a master procrastinator”. É uma palestra que gostei muito e é bem interessante e engraçada.

Para que você aproveite melhor o vídeo, fiz uma lista de passos que eu particularmente gosto de seguir quando quero aprender um novo vocabulário. Então vamos aos passos:

1. Assista o vídeo

Assista o vídeo sem se preocupar com as palavras. Tente entender o contexto e do que ele está falando. Tente captar a ideia principal do tema. Observe a forma como ele fala, gestos, imagens que são apresentadas. Conseguiu ter uma ideia do que se trata? Great! Next step!

2. Siga a legenda

Agora que possui uma ideia geral do tema, assista novamente e siga a legenda. Tente captar sua atenção para as palavras que você já conhece ou tem alguma ideia do que pode ser (alguma palavra parecida em português – existem várias!).

Neste momento atente-se ao que sabe e não se preocupe com palavras que não conhece. Ao final, pergunte-se: Numa escala de 0 a 10, quanto eu entendi? Se estava tranquilo de entender e compreende a maioria das palavras, ótimo! Mas se não entendeu muito, não se preocupe e vá para o próximo passo!

3. Preste atenção nas palavras que não conhece

Papel e caneta nesta hora! Agora você vai assistir e, observando a legenda, você vai anotando as palavras que você não tem a mínima ideia do que se trata e te impede de entender o contexto. Pare o vídeo, anote a palavra e continue o vídeo. Não se preocupe em fazer uma lista gigante de palavras que não sabe. Assim que achar que tem palavras suficientes para pesquisar passe para o próximo passo.

4. Pesquise as palavras da sua lista

Eu recomendo para quem já possui um nível avançado de inglês, pesquisar em sites em que não há tradução (Dictionary.com). Se você ainda está começando, acesse um dicionário português-inglês (Word Reference), mas pode ser usado quando você não entendeu de forma alguma a definição da palavra (acontece!).

Assim que pesquisar a definição da palavra, tente criar uma frase utilizando-a (não precisa ser gramaticalmente perfeita), para que sua mente crie um link com o vocabulário novo.

5. Assista novamente

Agora que você conseguiu sanar suas dúvidas e pesquisou palavras que não entendia, agora é hora de “Sit back and relax!” . Assista novamente e, se já estiver bem confiante, tire a legenda ou somente escute (principalmente se precisar lavar a louça ou passar roupa!).

Ao final, pergunte novamente: “Quanto eu consegui entender agora?” Se você conseguiu entender grande parte do que foi dito e está satisfeito com o seu progresso, ótimo! Caso ainda sinta que poderia aprender um pouco mais, entre neste link que você vai encontrar uma transcrição interativa, muito interessante para quem encontrou dificuldade em acompanhar as legendas.

Bom, esta é a forma que eu gosto de trabalhar com vídeos. Espero que ajude!

See you!

Quer saber mais sobre minhas aulas, clique aqui

Aprendiendo Español 3 – Aprenda brincando (Apps para Celular)

learn spanishUma das coisas que a tecnologia nos ajuda é deixar algumas coisas um pouco mais fáceis de aprender. O aprendizado de uma língua pode ser tanto estressante e chato quanto divertido e leve.

Acredito que os aplicativos que existem hoje no mercado (muitos muito bons e outros nem tanto) nos ajudam para  que o aprendizado de uma nova língua (no meu caso, o espanhol) fique um pouco mais divertido.

Então vamos a minha lista de hoje! Meus apps favoritos para aprender espanhol!

Memrise

memriseEste app possui milhares de cursos de línguas e de outras áreas também. O curso oficial de espanhol é em inglês mas tem outros cursos de espanhol em português e acho que vale a pena dar uma olhada.

A melhor parte deste aplicativo é que o aprendizado é gradual e você é exposto as palavras várias vezes num intervalo estipulado pelo App. Ele é bem colorido e tem áudios. No momento estou usando a parte grátis do aplicativo (que acredito que é perfeita!), pois você tem acesso as revisões (classic review e speed review) e a parte do aprendizado de novas palavras.

Na versão paga você tem o listening skills (eu já experimentei e achei muito bacana) e o my difficult words (ele te ajuda a lembrar de palavras que você não conseguiu internalizar ainda). O custo da versão pro é bem baixo em relação ao que encontra-se no mercado.

Pessoalmente, no momento ainda não senti a necessidade de assinar a versão pro, pois meu aprendizado esta num ritmo bom para mim.

Duolingo (em português)

duolingo

Duolingo é o meu mais novo queridinho. Eu primeiramente comecei a fazer em inglês mas, depois que descobri que existia em português, fiz o teste de nivelamento novamente e consegui eliminar muitas unidades (mais que em inglês! =))

Ele é muito parecido com o Menrise, mas tem um extra que é a parte em que você lê as frases e o programa reconhece ( é bem preciso nesta parte!). Acho ele um pouco mais difícil de fazer que o Menrise, pois já possui muitas frases mais complexas e demoro mais para terminar as unidades. O mais legal é que ele é totalmente de graça!

Bussu

busuu

Este ainda estou testando, mas não me animei muito em usá-lo. Ele é um pouco mais complexo que os outros, tem gramática e escrita de textos e este não é o meu objetivo com os apps (uso mais para adquirir vocabulário). Ele é bem completo, você pode conversar com nativos e corrigir os textos de outras pessoas. Talvez quando estiver em um nível mais avançado eu teste novamente.

Considerações Finais

Então, atualmente estou usando o Memrise e o Duolingo diariamente e estou gostando dos resultados. Os aplicativos nos ajudam em uma parte do processo, mas acredito que para aprender a língua em todos os seus aspectos, é necessário fazer uso de outras fontes, tais como: livros, revistas e sites na internet. Para a aquisição de vocabulário acredito que eles são perfeitos!

E ai, tem alguma outra sugestão? Deixe nos comentários!

¡Hasta luego!sombrero

Aprendiendo Español 2 -Recursos de Estudo (vídeos)

aprendiendo-espanol-2Hoje vou mostrar uma parte que considero essencial para estudar uma língua,principalmente para quem está iniciando, que são vídeos.

Eu sou uma apaixonada por séries (depois que o Netflix entrou na minha vida, fiquei totalmente viciada!) e muito do que aprendi em inglês foi assistindo séries. Então resolvi que este é um recurso que devo utilizar muito, pois sou muito visual e gosto de anotar tudo o que vejo, senão foge da minha cabeça!hehe

Para iniciantes, é bom iniciar com desenhos ou séries mais “bobinhas” e, depois de muita procura no amigo Google, eis que está a minha lista dos meus favoritos:♥

BBC Series – Mi vida loca (em inglês)mividaloca

Esta é uma série de 22 episódios interativos (acredito que esta seja a melhor parte). A história se passa na Espanha e apresenta uma linguagem real, mas que dá pra entender dentro do contexto. Estou no episódio 8 e a trama é muito bem feita e interessante.

A única coisa que não perco muito tempo fazendo são os exercícios no final do episódio (sou muito preguiçosa pra fazer, mas gosto do caça-palavras =)). Meu objetivo é estar em contato com a língua e fazer anotações de alguma palavra ou expressão nova. Para quem não sabe inglês talvez fique um pouco mais complicado para entender algumas coisas, mas acredito que vale a pena dar uma olhada pois não custa nada! Totalmente de graça!

Destinos (en inglês)

destinos

Trata-se de um seriado com 52 episódios (parece mais um novela, tem um “dramininha” envolvido). É um pouco antigo, mas a história é bem envolvente e interessante, cheia de mistérios.

O primeiro episódio é um pouco cansativo de assistir pois o narrador explica como funciona o curso (eu só assisto os vídeos, nem fui atrás de exercícios), mas você fica com vontade de assistir o próximo episódio. Está em inglês também, mas dá pra entender o que está acontecendo e a linguagem é bem real.

Extra (youtube)

exta en espanol

É um seriado de 13 episódios, em que contam a história de duas amigas: Lola e Ana. Elas moram juntas e tudo começa com a chegada de um amigo de Lola, um americano que não sabe nada de espanhol. É muito engraçado e de fácil entendimento. O mais legal é que tem a transcrição dos episódios e assim você pode ver as palavras novas para colocar no seu caderno de vocabulário (mais tarde faço um post falando sobre isso).

A linguagem é de fácil compreensão, porém os personagens poderiam falar de uma forma mais natural e não tão pausadamente, o que acaba não sendo uma linguagem tão real. Tirando isto, a história é muito engraçada e cativante.

Aquí no hay quien viva (youtube)

aqui no hay quien viva

Este é para você que procura um pouco mais de desafio. É um seriado de 5 temporadas (91 episódios). A história se passa em um prédio e os moradores são um pouco “diferentes”, bem caricatos. Assisti o primeiro episódio e achei a linguagem bem real e bem articulada. Um pouco mais difícil de compreensão, mas o contexto ajuda.

Club de Cuervos (Netflix)

club de cuervosEste é um dos poucos seriados no Netflix Brasil que não dublados para português. No momento tem a primeira temporada (13 episódios).  Trata-se da história de dois irmãos: Chava e Isabel. A família é dona de um time de futebol Los Cuervos de Nuevo Toledo, no México. Após a morte do pai um dos dois terá que assumir a diretoria do time e ai que começa a disputa entre os irmãos.

Assisti o primeiro episódio e achei muito bem produzido e a linguagem bem real. É um pouco difícil de entender, mas dá pra colocar as legendas em espanhol e ir acompanhando as falas. A história é bem interessante e dá vontade de assistir o próximo episódio.

Como faço para assistir os vídeos?

O que eu faço é simplesmente assistir e anoto alguma palavras que não entendi nem pelo contexto. Depois de assistir, pesquiso as palavras que fiquei com dúvida, tento montar uma frase pra eu não esquecer (as vezes nem é gramaticalmente certa, mas depois com o tempo vou corrigindo).

Depois, numa outra hora, assisto novamente e normalmente a palavras me chama atenção e consigo entender. E deixo a palavra de lado e como estou assistindo um seriado, a palavras provavelmente irá retornar várias vezes. E com a exposição, gravo, sem precisar ficar tentando memorizar vocabulário.

E ai, tem alguma dica de vídeos e seriados em espanhol?

Deixe nos comentários.

¡Hasta luego!sombrero

Aprendiendo Español 1 – Como estudar sozinho

wikiwords_spanishHoje faz 2 semanas que comecei a estudar espanhol seriamente. Sempre tive esta vontade de aprender uma terceira língua (gostaria de aprender todas as línguas do mundo! hehe), mas estava sem ideias de como começar e isto acabava adiantando este processo.

Mas, um certo dia, parei e pensei: para começar algo você tem que CO-ME-ÇAR! e então que resolvi sentar no computador e bolar um plano. Para isso, respondi algumas perguntas que eu normalmente faço para os meus alunos:

Quero estudar sozinha ou fazer um curso?

Sempre gostei do ambiente de sala de aula. Mas depois que comecei a dar aulas, não consigo mais ser aluna. Gosto da liberdade de aprender a hora que quiser no ritmo que quiser. É uma questão de gosto. Então resolvi estudar por conta.

Como vou estudar? Montando cronograma

todait

Esta parte é onde vamos esquematizar como vamos estudar. Eu particularmente gosto muito de ter um objetivo para cumprir todos os dias. Então fiz uma tabela no excel em que dividi em 3 tarefas diárias e eu tenho que cumprir pelo menos estas 3 tarefas (se eu tiver mais tempo no dia e quiser, posso estudar mais).

Mas depois eu descobri um aplicativo Todait em que você consegue planejar seus estudos de acordo com o tempo que possui diariamente e também pode estabelecer uma “deadline” para concluir. Para mim é perfeito, pois não preciso ficar calculando e dividindo as atividades!

O que estudar? Escolhendo materiais

too many booksEscolher os materiais é uma tarefa que toma um bocado de tempo. Pesquise no Google podcasts, livros para iniciantes, vídeos, músicas. Assim que achar um material que pareça interessante para você, teste-o. Caso sinta que funciona para você, coloque no seu cronograma.

Caso o que escolheu não seja tão interessante assim, deixa de lado e procure outro. Não tenha dó de abandonar coisas que não são interessantes para você. Já foi comprovado que somente lembramos de algo quando nos faz sentido, então, não perca tempo com algo que não te interessa!

No Aprendiendo Español 2 – Recursos, vou colocar tudo o que estou usando no meu cronograma e alguns extras!

Aonde quer chegar e quando? Estabelecendo metas

goal

Este é o ponto que você tem que possuir em mente toda vez que for estudar e principalmente quando bate aquele desânimo ou preguiça de cumprir seu cronograma de estudos.

Porém, de nada adianta saber aonde quer chegar sem saber quando quer chegar. Para isto, tracei 2 metas: uma intermediária e uma final. A intermediária é, alcançar o nível B2 (Independent User – seria o que chamamos de intermediário avançado) até o final do ano. E a minha meta final é tornar-me uma professora de espanhol até o final de 2017 (alcançar um nível C1/C2).

Para quem não conhece esta nomenclatura, recomendo acessar este link  sobre o Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas que acredito que seja um bom parâmetro de estudos tanto para quem esta estudando por conta, quanto para quem faz um curso.

 Por hoje é só pessoal! Acompanhe os próximos capítulos da minha saga pela página do facebook ou assinando o blog!

¡Hasta Luego!sombrero

Toefl – Um guia de estudo

Agora eu resolvi entrar na onda de estudar para o TOEFL. Eu já fiz ele uma vez mas já faz um tempão (muito antes de começar a dar aulas de inglês) e eu fui muito mal, principalmente na parte de speaking e writing.

Meu objetivo é tirar pelo menos 100 (o máximo é 120) e para isso não adianta nada só saber inglês, você precisa estar treinado para a prova, que eu acho mais uma prova de resistência do que pra testar seus conhecimentos de inglês.

Mas vamos lá o que interessa:

Primeiro: ter uma ideia geral de como é a prova e suas questões.

Segundo: fazer um simulado para ver como está sem ter estudado.

Terceiro: focar no que sente mais dificuldade, por exemplo, eu tenho dificuldade no writing (é mais preguiça do que qualquer outra coisa) e o speaking pelo fato de estar falando com uma máquina e não com uma pessoa.

Quarto: treinar, treinar e treinar…

Quinto: ter confiança em você mesmo.

——————————————————————————————————————————————

Agora vamos a parte mais específica, eu separei por semanas ( eu peguei muitas dicas de estudo no próprio site do toefl):

– Semana 1: conhecimento do teste

– Semana 2: treinar uma das dificuldades (writing) e fazer uma tranquila (listening)

– Semana 3: treinar uma das dificuldades (speaking) e fazer uma tranquila (reading)

– Semana 4: simulados e mais simulados ( cronometrar o tempo)

Eu vou começar a semana dois amanhã… E vamos que vamos!

 

Como está indo meu francês

pic002

No post anterior, comentei que estava tentando aprender francês sozinha. Ultimamente ando meio preguiçosa em relação a isso, mas aos poucos está indo. Vamos a minha listinha de coisas que estou fazendo e ainda pretendo fazer pra aprender esse tal de francês:

1. Fazer o curso do Michael Thomas todos os dias indo para o trabalho.

2. Procurar músicas em francês

3. Escutar pelo menos uma vez por semana algo em francês

4. Estudar um pouco de gramática (ainda não analisei quando começar)

5. Praticar um pouco com myself (ainda estou no nível de vergoinha de falar na frente dos outros – já passa!hehe)

E você, tem alguma dica interessante para compartilhar?

Inglês? Francês? – Como faz? – Aprendendo uma língua

 

 

Hoje eu gostaria de falar sobre uma das minhas paixões, aprender línguas. Eu sou completamente apaixonada pelo português, inglês, espanhol e agora comecei a me interessar em aprender francês.

Eu sempre busquei fazer cursos para aprimorar a língua que quero aprender, mas ultimamente resolvi tomar um rumo um pouco diferente, aprender por conta própria. Descobri que não é nada fácil começar do zero, mas acredito que com persistência eu chego onde eu quero chegar.

Primeira coisa que fui fazer foi procurar um método bacana pra começar. Para quem já sabe inglês tem o Michael Thomas. É muito bacana pois ele faz pensar em francês, fazendo comparações com o inglês.

Segundo, adquira uma boa gramática. Não precisa ser aquelas muito densas, pois está somente começando. Eu adquiri o Francês Urgente! para brasileiros. É bem interessante e bem comparativo com a língua portuguesa.

Terceiro, assistir jornais, escutar músicas, seriados na língua que deseja aprender. Não se importe se está entendo neste momento. Preocupe-se em entrar em contato com a língua. Quanto mais estiver em contato melhor.

Quarto, procure sempre usar o que aprendeu. Não tem como quem falar? Ainda não se sente seguro de treinar com alguém? Use a imaginação e crie situações imaginárias na cabeça. Por exemplo, você acabou de aprender um vocabulário sobre comida. Então, toda vez que estiver abrindo a geladeira pense na palavra do que está vendo. Você vendo a maçã, em vez de pensar em português, pense a maçã na língua que está aprendendo.

Finalmente, o que você mais precisa para aprender uma língua é disciplina e motivação, pois sem isso, torna-se muito mais difícil o aprendizado da língua.

Espero que este post foi útil! Abraços e até a próxima!